Boneca de Lata-  Uma atividade transdisciplinar

Boneca de Lata- Uma atividade transdisciplinar

Boneca desenhada em uma turma do 1º ano.

Boneca desenhada em uma turma do 1º ano.

Olá professores

a aula de hoje teve como inspiração a canção boneca de lata de Bia Bedran. Além de aprender a canção, trabalharmos a Eurritmia, proponho uma atividade transdisciplinar de letramento.

Proposta: aprender, cantar e coreografar a canção BONECA DE LATA. Proposta transdisciplinar de letramento com a letra da música.

Duração: 3 aulas (45 min cada).

Faixa etária: 1º, 2º, 3º anos. Assim como em classes de letramento.

 

Objetivos

Boneca de Lata com balões

Folha de exercícios

Objetivos gerais: Articulação entre percepção e sensibilidade dos materiais sonoros.

Desenvolver a sensibilidade estética, a percepção musical e a experiência corporal do movimento

musical por meio das práticas tradicionais lúdicas orais e coletivas da infância.

Desenvolver atitude de escuta das manifestações do mundo sonoro e musical.

Objetivos específicos: Gestos expressivos em produções musicais. Produção de gestos

musicais.

Procedimentos de ensino e atividades a serem trabalhadas: Grafar e ler fazendo uso da grafia da gramática normativa. Criação de uma coreografia tendo como base a situação abordada na canção.

Recursos: Reprodutor audiovisual, instrumento harmônico (opcional), quadro e fotocópias.

 

Aula

Ida ao quadro 1º ano.

Ida ao quadro 1º ano.

1- Após a distribuição da folha com a boneca de lata, o professor toca o recorte 1. E pergunta: onde foi a que a boneca bateu? Logo, os educandos apontam para a cabeça. Como finalização desta etapa, o educador canta e faz a coreografia (mão na cabeça) com os estudantes, depois o docente escreve no balão que indica a cabeça da boneca na folha.

 

2- Segue-se o mesmo procedimento com os outros recortes. Como dica, o educador pode inverter a ordem de apresentação da atividade. Como pedir para que os educandos adivinhem para onde os balões estão apontando.

Coreografia numa turma de 3º ano.

Coreografia numa turma de 3º ano.

2015-04-10 11.05.40-3 borrada3- Sugere-se que os educandos só escrevam na folha após ter memorizado, no mínimo, três partes da canção.Perde-se muita dinâmica entre o ato de escrever e voltar para o canto

Obs: alguns educandos, nesta idade, ainda não sabem escrever ou não conhecem certas letras e fonemas (como a letra “ç”, por exemplo). Entretanto, o professor pode escrever e pedir para que os estudantes copiem, trabalhando assim a alfabetização. Outra dica importante é pedir para os estudantes irem ao quadro e preencherem alguns balões.

4- Como finalização de cada aula, sugerimos que os educandos pintem os balões que foram preenchidos (5 min).

1º ano

1º ano

Obs: para a edição desta partitura, utilizei um software gratuito e aberto chamado musescore. Abaixo segue o link do programa:

http://musescore.org/pt-br

Anexos

Arquivo com a canção (.mp3)

Folha do Exercício (.pdf)

Partitura (.pdf)

Arquivo editável da partitura (.mscz – musescore)

Arquivo editável da folha de exercícios (.odp -libreoffice impress)

 imagem Boneca_de_Lata partitura

Avaliação da aula

1º ano

1º ano

Inicialmente, pensei que esta atividade seria completa em, no máximo, duas aulas. Entretanto, como relatado anteriormente, não disponho de uma sala de música e sou obrigado a me locomover de sala em sala.

Soma-se a isso a falta de cadernos. Em grande parte das aulas, era obrigado a distribuir as folhas e recolhê-las a cada lição. Esta atitude comprometia e muito o desenvolvimento da aula. Em algumas turmas esta atividade durou 4 semanas ou mais.

Tendo em vista esta problemática, algumas classes não foram tão solícitas com a música (afinal de contas, ficaram praticamente um mês executando a mesma canção). Uma alternativa para não tornar esta atividade cansativa foi intercalar outra lição. Uma boa saída foi introduzir a aula O som dos instrumentos no desenvolvimento desta lição.

2º ano

2º ano

Outra atitude muito benéfica, mas que contribuiu para a demora da atividade, foi a ida dos educandos ao quadro. Deste modo, notamos as dificuldades de letramento na sala. Para agilizar o término da lição, eu mesmo escrevi, em várias ocasiões, os nomes na lousa. Abrindo assim, mão da ajuda dos estudantes. Da mesma maneira, não toquei todos os exemplos sonoros: por várias vezes, indicava a parte amassada com a coreografia ou dava a resposta.

Soma-se a isso os poucos projetores disponíveis e o tempo que eu perderia ligando todo o aparato para o funcionamento. Assim, era obrigado a desenhar a boneca no percurso das aulas.

2º ano.

2º ano.

Os educandos levantaram críticas ao material distribuído. A primeira coisa que peço é que eles coloquem o nome e a turma na folha. Entretanto, quando lidamos com crianças pequenas (principalmente no 1º e 2º anos), faz-se necessário escrever os campos NOME e TURMA. Muitos estudantes colocaram estas informações nos balões.

Para o próximo ano, estes itens estarão revisados na folha. Assim como, o tempo planejado para esta aula será modificado para 3 aulas. A meta é de trabalhar com 4 balões por aula e destinar cerca de 5 minutos para a pintura das letras e balões.

 

Referências

Secretaria Municipal de Educação do Rio de Janeiro. Orientações Curriculares Música. Disponível em: http://www.rio.rj.gov.br/web/sme/exibeconteudo?article-id=798881 Último acesso: 13/02/2015

VICTÓRIO, Márcia. O bê-a-bá do dó-ré-mi: reflexões e práticas sobre educação musical nas escolas de ensino básico. Rio de Janeiro: WAK Editora, 2011. 92pgs: 28 cm.

 

1º ano

1º ano

Imagens:

Imagens: Aulas realizadas durante o primeiro semestre de 2015 na Escola Municipal Monteiro Lobato em Guaratiba, Rio de Janeiro/RJ.

2015-03-16 13.41.26-2