Já são quase 11 da noite e eu estou aqui: fazendo aulas de educação musical para serem dadas amanhã as 7 da manhã.

Aulas que sou obrigado a inventar, já que os poucos métodos que existem mal se adaptam à realidade no município do Rio de Janeiro. Aulas que tenho que testar e que na maioria das vezes dão errado.

As faculdades de música poderiam muito bem criar materiais didáticos com este propósito, entretanto é melhor filosofar sobre a “EPISTEMOLOGIA DO MUNDO PÓS-MODERNO SEGUNDO A PRÁXIS DO PROFESSOR REFLEXIVO”, ou então sobre “A OBRA DE BACH E A SEMIÓTICA DO ABSURDO”, textos com títulos de remédio.

O mundo é tão pós-moderno para que está debaixo do ar condicionado. Porém, para os professores que estão em salas com mais de 40 alunos e sofrendo todo o tipo de humilhação (semana passada sofri a minha bilhionésima ameça de morte), a vida continua tradicional e ainda vivemos como nossos pais !!!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s