Parafraseando José de Abreu

Fico lisonjeado quando uma playboy vem me critcar por defender as “cotas raciais”. Se fosse um preto favelado, ficaria triste.

Sou filho de mãe nordestina e analfabeta, passei fome durante anos, morro na favela (inicialmente, minha casa era um barraco de um quarto com a cozinha e o baheiro incluso), sou o único da família a ter diploma “superior”. Poderia muito bem vestir a carapuça de branco esquecido “pelas cotas”. Porém, creio que este rótulo não me sirva !

Apesar de todo o sofrimento, creio que tive condicionantes que muitas famílias na mesma situação social não puderam conquistar. É óbvio que não existe sistema perfeito em uma sociedade de classes antagônicas. Entretanto, o que mais me irrita é o surgimento do mártire branco e pobre que está sofrendo com a ditadura preta.

Nunca nossas elites, e digo mais, a classe média racista e escravocrata brasileira se importaram com este cidadão que é minoria nos bolsões de pobreza. Agora utilizam este exemplo como sofisma para descretidar uma universidade mais justa?

Devo ser muito ignorante mesmo !!!

“E, o que tenho a dizer à Universidade como artigo primeiro, como função essencial de sua vida nessa Cuba nova? Tenho a dizer que se pinte de negro; que se pinte de mulato, não só entre os alunos, mas também entre os professores; que se pinte de operário e de camponês; que se pinte de povo, porque a Universidade não é patrimônio de ninguém e pertence ao povo de Cuba…; e o povo triunfou, está criado no triunfo, conhece sua força, entende-se como incontrolável; está hoje às portas da universidade, e a Universidade deve ser flexível; pintar-se de negro, de mulato, de operário, de camponês; ou ficar sem portas; e o povo a romperá e pintará a universidade com as cores que queira”.

(Comandante Ernesto Guevara)

Discurso ao receber o Doutorado Honoris Causada Universidade Central de Las Villas, em 28 de dezembro de 1959.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s