Boffinianas

Jesus não pregou Igreja mas Reino de Deus, que significava libertação para o pobre, consolo para os que choram, justiça, paz, perdão e amor. Não anuncia uma ordem estabelecida; não convoca o súdito a ser mais submisso, humilde e leal; liberta para a liberdade e para o amor, que permite ao súdito ser súdito, mas livre, crítico e leal sem ser subserviente, e o detentor de poder
servo, irmão e também livre de apetência de maior poder. Fraternidade,
livre comunicação com todos, nova solidariedade entre os homens, com os pequeninos, os últimos da terra, os pecadores e até com os inimigos, bondade, renúncia ao julgamento dos outros, amor indiscriminado, perdão sem limites são os grandes ideais propostos por Jesus. Não introduz nem sacraliza privilégios que geram castas e divisões entre os homens. A exousia, isto é, a soberania que aparece em suas atitudes e palavras não é poder ao
estilo do poder humano. É o poder do amor. Se anuncia que “todo poder lhe foi dado no céu e na terra” (Mt 28, 18) e passa esse poder aos apóstolos, devemos bem entender a natureza deste poder. É o poder de Deus. Qual é o poder de Deus? É o poder do Pai de Nosso Senhor Jesus Cristo que se manifestou como Pai de infinita bondade, que revela um poder absolutamente surpreendente, a capacidade infinita de suportar e ter paciência com os homens, poder de amar os “ingratos e maus” (Lc 6, 35). O poder é poder do amor. O poder do amor possui natureza diversa do poder-dominação; ele é frágil, vulnerável, conquista pela fraqueza e pela capacidade de doação e de perdão. Essa exousia mostrou Jesus sempre em sua vida34. Por isso renunciou ao poder-dominação; preferiu morrer fraco a usá-lo para subjugar os homens e fazê-los aceitar sua mensagem. Destarte desdivinizou o poder: não o fez mais prova de sua transcendência, negando-se sempre à prova do poder miraculoso (Mc 15, 32). É na fraqueza que se revela o Amor de Deus e o Deus do Amor (ICor 1, 25; 2Cor 13, 4; Fl 2, 7).

 

BOFF, Leonardo; Igreja: Carisma e Poder; Ed. Record 2005 pg 133/134

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s