O NOME DE DEUS – Fausto Wolff

Blog do Nikel

Talvez o principal motivo d’eu comprar o bom e velho JB fossem as crônicas de Fausto Wolff. Que me perdoem os amantes di Rubem Braga, mas o Wolf pra mim foi o melhor.

Alguns de seus textos, principalmente o póstumo de Brizola e um que falava da aposentadoria do Fidel foram recortados e guardados, mas infelizmente se perderam em algum envelope. Tentei achá-los na net sem sucesso.

Até que um dia encontrei O NOME DE DEUS perdido num sebo. Desde de Rubem Fonseca eu não fico vidrado em histórias tão triste e reais, que nos revoltam, mas nos torna mais críticos. Quem quiser arriscar não irá se decepcionar !!!
Como diria Paulo Polzonoff Jr.:

” Fausto Wolff é um maldito. Não um maldito voluntário, como Dalton Trevisan e Rubem Fonseca, que se recusam a dar entrevistas e serem fotografados. Fausto Wolff é um maldito porque a imprensa não quer saber…

Ver o post original 223 mais palavras

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s